Zumbido é um som que pode ser ouvido que somente quem sofre com esse mal pode ouvir. Com o objetivo de te auxiliar a detectar o problema e buscar ajuda, fizemos esse post

Algumas pessoas escutam esse barulho o tempo inteiro. Enquanto outras, têm esse problema esporadicamente. Segundo dados da Associação Americana de Zumbido, 20% das pessoas convivem com o problema que acomete 25% dos idosos com mais de 70 anos.

Os sons podem ser dos mais diversos. Dentre eles, podemos citar os que se assemelham a apitos, chiados, cachoeira, panela de pressão, motor, cigarra e até mesmo grilo.

Quem ouve esses barulhos esporadicamente, pode ser porque se expôs a um barulho excessivo por um período prolongado. Nesses casos, o problema pode ser resolvido sozinho depois de um dia.

Caso passe uma semana e você ainda escuta o zumbido, é essencial buscar ajuda de profissionais especializados para realizar os exames necessários, descobrir a causa e tratar o problema.

Saiba quais são as causas do zumbido

 

Existem diversas causas para o zumbido. Por isso, há inúmeros tratamentos. O profissional capacitado vai indicar a melhor forma de tratar a moléstia.

Mas vamos falar das razões que podem te levar a ouvir esse barulhinho irritante?

 

Perda auditiva

Quando as células do ouvido são lesionadas, a pessoa pode ouvir zumbidos. Isso acontece porque a parte do cérebro que é responsável pela audição, tenta compensar a falta de estímulo auditivo com esse barulho.

Se você apresenta zumbido constante, é essencial buscar ajuda de especialistas no assunto para tratar seu problema.

 

Moléstias emocionais ou estresse

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o zumbido está relacionado à depressão, ansiedade e estresse.

Pode ocorrer também deste barulho irritante no ouvido causar problemas psiquiátricos, pois atrapalha a qualidade de vida da pessoa.

 

Lesões na cabeça ou pescoço

 

Dores ou machucados nesta região podem fazer com que o corpo libere substâncias para atenuar esses males. No entanto, esta ação provoca zumbidos.

 

Envelhecimento

Com o passar dos anos, é comum que nossa audição seja prejudicada. Segundo dados de um levantamento realizado em São Paulo pelo departamento de Otorrinolaringologia da Universidade de São Paulo (USP), 36% dos paulistanos com mais de 65 anos de idade sofrem com o zumbido.

 

Alimentação

 

Zumbido pode piorar de acordo com a alimentação da pessoa. Dentre os itens que podem agravar os sintomas deste mal estão a ingestão de bebida alcoólica, tabagismo e cafeína.

 

Será que esse problema me afeta?

 

Você pode pensar que não, mas o zumbido afeta muito a sua qualidade de vida. Pensa bem: ouvir um barulho que somente você escuta. O tempo todo. Chega a ser desesperador, não é mesmo?

A boa notícia é que existe tratamento! Neste sentido, o aparelho auditivo pode te ajudar. Isso porque os aparelhos comercializados pela Captar possuem uma tecnologia revolucionária que pode auxiliar no tratamento do problema.

 

Terapia do som

Com o suporte dos aparelhos auditivos da Captar, você pode fazer a terapia sonora. Essa ferramenta é útil para reduzir ou até mesmo eliminar o zumbido com um som agradável de ser escutado.

Dentre os sons que você pode ouvir nos aparelhos auditivos que comercializamos aqui em Goiânia estão: sons calmantes semelhantes aos dos oceanos.

Ouvir diferentes tipos de som torna mais fácil desviar a atenção do zumbido. Fale com nossos profissionais sobre isso clicando aqui.

Sem contar que os aparelhos auditivos Oticon ainda possibilitam que você altere os sons, aumente o volume, ouça música, atenda ligações e interaja com as pessoas em ambientes ruidosos.

Para isso, basta usar o aplicativo da marca que está disponível para download nas lojas dos  smartphones.

Mais liberdade para curtir suas músicas favoritas, ouvir áudio livros, podcasts e até mesmo guias de relaxamento. Tudo isso sem o incômodo do zumbido.